O Google Ads é uma das ferramentas que podem ajudar o seu negócio a aparecer em resultados de pesquisas pagos e alcançar certos objetivos.

Afinal, você não quer apenas aparecer, mas deseja vender mais, conseguir cadastros, visitas em seu site etc.

Com gerenciamento correto e profissionais que entendam de métricas, performance e análises com foco no cliente será possível.

No entanto, será preciso muita paciência e monitoramento constante para que o investimento valha a pena.

Caso contrário, você desperdiçará dinheiro. Afinal, Google Ads não é para amadores. Por isso é fundamental procurar profissionais com certificação e agências Google Partners.

No entanto, não só. Ter gente com experiência de mercado é um diferencial e tanto. Afinal, tem coisas que se aprendem apenas na prática.

Metas e objetivos

A primeira tarefa é definir um objetivo e depois uma meta. Sem eles, você não conseguirá analisar o desempenho ou escolher a melhor configuração de campanha.

Por exemplo, você tem uma loja que vende joias e deseja aumentar as vendas de colares de ouro.

Nesse caso seu objetivo é vender mais e sua meta de campanha é vender 100 colares de ouro ou a quantidade que desejar.

Você ou o analista da conta acompanharão o desempenho da campanha e quais palavras-chaves geraram mais venda de colares através do acompanhamento de conversões.

As conversões são métricas usadas para avaliar se o visitante fez uma ação esperada. Não precisa ser necessariamente uma venda, podem ser cadastros, visualizações etc.

Palavras-chaves

É fundamental escolher as palavras certas para uma segmentação eficiente. Apesar de parecer tentador pegar as palavras mais concorridas e amplas, saiba que elas custam muito mais caro.

Portanto, primeiro deve-se fazer uma análise e tentar se colocar no lugar do cliente. Faça uma lista com todas as possibilidades de pesquisa seguindo a sua meta.

Além disso, não tenha medo de ir ao contrário aos seus concorrentes e até eliminar as que não estiverem gerando tráfego ou valor.

Tente usar os vários tipos de correspondência para filtrar a exibição de seus anúncios entre ampla, de frase, exata e negativa.

Ampla

Por exemplo, para a loja de joias, a palavra-chave de correspondência ampla é colar de ouro.

Nela o Google incluirá resultados que contenham ou incluam essa palavra com variações de erros de ortografia, sinônimos e plural.

Por exemplo, seu anúncio será mostrado mesmo se a pessoa digitar colar oro, colares de ouro, colares em ouro, colales ouro etc.

De frase

A palavra de frase exibirá anúncios que tenham exatamente a palavra ou termo na ordem específica, ou seja, exatamente como foi digitada. Por exemplo, “colar de ouro 18K”.

As palavras amplas e de frase são úteis para que você não precise colocar várias semelhantes e evitará sobrecarregar a conta do Google Ads.

Exata

Correspondem exatamente a palavra sem adição de outra e indicado para pesquisas específicas. Por exemplo, [comprar colar de ouro].

Negativa

Já a negativa incluirá palavras que você não quer que estejam relacionadas na pesquisa. Por exemplo, -bijuteria.

Dessa forma, você afastará pessoas que não tenham a ver com seu público e economizará dinheiro com cliques.

É importante também expandir o alcance de palavras já existentes para aumentar o volume sem precisar ficar adicionando novas.